Convenções
Home
Contatos
Associe-se
logo

Oposição categoria de Internet – Data base Maio

Informamos que a partir do dia 11/06/2018, estará aberta o prazo para a entrega das cartas de oposição da contribuição assistencial do setor de internet, data base maio, que se estenderá até o dia 21/06/2018. Horário de atendimento das 09h às 12h e 13h às 16h. Ressaltamos que no dia 16/06/2018 (Sábado) o atendimento será normal.  


DECISÃO JUDICIAL GARANTE O RECOLHIMENTO E REPASSE DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL PARA EMPRESA DA CATEGORIA DE INTERNET

OFÍCIO nº 010/2018 Assunto: Notificação art. 545 da CLT. SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS EMPRESAS E CURSOS DE INFORMÁTICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – SINDIESP, com sede em São Paulo/SP, na Rua Tácito de Almeida, nº 254, Bairro Sumaré, CEP 01251-010, inscrito no CNPJ sob o nº 04912405/0001-57 e no Ministério do Trabalho e Emprego, Secretaria de Relações do Trabalho, Coordenação de Registro Sindical sob o nº 921.000.827.90655-0, neste ato representado pelo seu Presidente Sr. Abner Teixeira da Silva, CPF nº 036.401.488-82, vem através desta, nos termos do Artigo 545 da CLT, NOTIFICAR as Empresas de sua categoria profissional, que
Leia mais


DECISÃO JUDICIAL GARANTE O RECOLHIMENTO E REPASSE DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL PARA EMPRESA DA CATEGORIA DE CURSOS

Em reclamatória trabalhista ajuizada pelo SINDIESP, através de seu departamento jurídico, foi deferida liminar na qual o juiz entendeu pela inconstitucionalidade da lei 13.467/2017 no tocante as alterações dos artigos da Contribuição Sindical. A liminar do juiz da 1ª vara do trabalho de Limeira, do TRT da 15ª Região, determinou que a empresa deverá proceder com o desconto da contribuição sindical de seus funcionários, e efetuar o respectivo pagamento a entidade sindical, da mesma forma em que os realizava anteriormente à vigência da Lei 13.467/2017. A decisão proferida foi pautada no entendimento do magistrado de que: “A contribuição sindical é
Leia mais


Reforma Trabalhista: expectativa x realidade

Até o momento, as respostas obtidas dão razão ao movimento sindical e às entidades da sociedade civil de que a Reforma Trabalhista não gerou os pretensos resultados dos seus defensores. A Reforma Trabalhista gerou enorme polêmica durante sua tramitação no Congresso Nacional e perdura desde a sanção na forma da Lei 13.467, no dia 13 de julho de 2017, e entrada em vigor a partir do dia 11 de novembro do mesmo ano. O setor empresarial defendia as mudanças para a “modernização das relações de trabalho”, “melhoria do ambiente de negócios”, “aumento de investimento”, “segurança jurídica para as relações contratuais”
Leia mais